Postagem em destaque

Transporte ao viajar

 #aeronaves #dicasparaosturistas #dicasparaosviajantes #transporte #trens O transporte é um componente essencial de qualquer viage...

Mostrando postagens com marcador a esmeralda do Atlântico. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador a esmeralda do Atlântico. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

As ilhas de Fernando de Noronha


As ilhas de Fernando de Noronha são, na verdade, o topo de uma montanha vulcânica cuja base é a 4000 metros sob o Atlântico.

O arquipélago, localizado a 360 km de Natal e Recife 550, consiste em 21 ilhas das quais a maior delas, Fernando de Noronha, é de 18 km2 e é a única habitada.

Não há maneira de chegar ao "The Emerald do Atlântico", exceto pelo ar ou pelo mar, com um cruzeiro ocasionalmente.

Quando o avião sobrevoa o Morro do Pico, o ponto mais alto da ilha principal, também é visto ilhas secundárias no extremo norte do arquipélago, dos quais 11 ha é Rat, o segundo maior, e os 11ha do Meio .

Muitas controvérsias marcam o descobrimento de Fernando de Noronha. É atribuída a uma expedição desconhecidos chegaram no Brasil entre 1502 e 1503, o chefe de que seria Fernando de Noronha.

Depois de ser invadido por Inglês e Holandês, a ilha é definitivamente ocupada pelos Português em 1737. Antigas fortificações que testemunham uma disputa do passado hoje permanece como testemunho mudo para as diferentes ocupações.

Sua turnê deste paraíso terrestre começa com um passeio de barco, quatro horas, andando as ilhas de alta e voltar para Fernando de Noronha, uma vez que percorre as praias do "mar dentro", o lado das ilhas dão do continente.

Golfinhos nadam nestas águas quentes todas as noites e acompanhar o passeio dos visitantes, que podem tomar algumas paradas do barco para nadar com eles e observá-los sob a água limpa.